ATOR/ATRIZ – DICAS DE ETIQUETA – Escola de Teatro Juliana Leite

ATOR/ATRIZ – DICAS DE ETIQUETA

DICAS PARA O PÚBLICO DE TEATRO
22/01/2020
PAIS DE ATORES/ATRIZES
05/02/2020

ATOR/ATRIZ – DICAS DE ETIQUETA

Na última postagem, falamos um pouquinho como o público deve procurar se comportar, hoje, nossas dicas de comportamento serão voltados para o ator.

ANOTE AÍ:

1. Aprenda suas falas tão bem que você nunca precisará se preocupar com elas.
Quando você está firme em suas falas, você consegue se dedicar à atuação, marcações de cena, emoção da personagem…
2. Mantenha um caderno sobre a peça
Faça anotações sobre o personagem, o contexto, seus movimentos. Isso o ajudará a lembrar o que você fez até agora – especialmente se você estiver ensaiando no seu tempo livre.
3. Nunca morra por um segundo no palco
Mesmo se você não estiver fazendo nada em cena, faça-o ativamente. Esteja presente, escute o outro, não se distraia, não saia do seu personagem.
4. Se algo der errado – digamos que alguém solte algo – não o ignore. 
Se alguém colocou um texto que não fazia parte da peça, improvisou e acabou mencionando algo a mais, inclua isso como parte da peça, abrace a proposta que o outro jogou. 
✅ 5. Aqueça sua voz e corpo
Seja antes de uma apresentação, seja antes de um ensaio… Sempre que for fazer algo que envolva a sua voz e corpo, é preciso prepará-lo para isso. Acostume-se ao tamanho do auditório; vá para os piores lugares e converse com as pessoas no palco para saber que tipo de energia é necessária para ser ouvida.
6. Tente não se preocupar em se envergonhar
Essa é a tarefa de uma vida. O ator não pode ter medo ou vergonha do ridículo. É preciso propor, experimentar, ser diferente.
7. Divirta-se
Por mais que o teatro exija disciplina, concentração, se divirta fazendo o seu papel, buscando o seu personagem… Brinque, explore. A verdade é que você aprende essas coisas fazendo.
8. Confie no seu diretor
As escolhas que ele faz, as correções, as propostas… Pode ter certeza que suas decisões são pensando no melhor para o espetáculo.
9. Acredite no texto
A partir do momento que um texto foi escolhido, acredite nele, mergulhe em cada palavra. Defenda o texto que será parte do seu trabalho.
10. Leia a peça pelo menos três vezes em voz alta antes de colocá-la de pé (em cena)
Quando você ainda não tem um bom conhecimento do seu texto, haverá bloqueio na criação de cena. Os atores não estarão seguros de como seu personagem age e pensa.
11. Ouça a pessoa que está falando – a menos que seu personagem não esteja ouvindo.
Não finja que está escutando o que o outro diz em cena, escute!
12. Não tenha medo de se enganar
Do erro pode vir uma criação nova. Você também tem um diretor te guiando para corrigir o que foi além do que ele gostaria.
13. Lembre-se de que a maioria dos personagens usa palavras para afetar, conectar-se ou mudar a outra pessoa
O que o outro personagem falou, afeta em como o seu personagem o vê ou é visto.
14. Na medida certa
Encontre o nível certo para o grupo. Ser pouco ambicioso (pensando que você não pode enfrentar grandes jogadas) ou muito ambicioso (pensando que você pode enfrentar o rei Lear em sua primeira vez) é uma receita para o desastre.
15. Sente-se ao redor de uma mesa e leia a peça por muito mais tempo do que deseja
Pode parecer chato, mas economiza muito tempo depois: você verá que os ensaios voam porque todos entendem o que estão fazendo.
16. Deixe mais tempo para os ensaios técnicos do que você pensa que precisa
Você ficará surpreso com o quanto ainda precisa fazer, sempre existem marcações que podem melhorar, a atenção no foco de luz, troca de cenário…
17. Vá assistir a outras apresentações
Assistir outras peças te darão muitas ideias. Absorva o que foi bom, guarde o que não te agradou para que você não repita isso em cena. 
18. Nunca se mostre
Às vezes, você pode chegar a um ponto específico e pensar: “Eu sou realmente bom neste pedaço”. NUNCA, nunca pense isso.
19. Nunca saiba mais do que seu personagem sabe
Eu não estou falando sobre pesquisa; quero dizer que quando você está se apresentando, você deve permanecer dentro da verdade do seu personagem. Não indique para o público o que eles deveriam estar pensando.
20. Respire
Faça uma respiração correta para não ter sua voz prejudicada.
21. Leia o maior número possível de peças, especialmente de escritores clássicos 
22. Observe
É a melhor maneira de desenvolver um personagem. Quando estiver andando na rua ou sentado em um ônibus, em um café ou em uma cirurgia médica – não se feche.
23. Seja pontual
Não se atrase, chegue com antecedência para começar a se preparar, aquecer. Se o diretor precisa esperar todos chegarem, para daí pedir para aquecerem… Percebam quanto tempo de ensaio vocês perdem.

Não deixe para colocar tudo isso em prática depois, comece agora mesmo!!

🎭 Escola de Teatro Juliana Leite 🎭
R: Tiradentes, 944 – Centro
Limeira-SP
(19) 99639-8545

Escola de Teatro Juliana Leite
Escola de Teatro Juliana Leite
Escola de Teatro em Limeira-SP (@teatrolimeira). Do Iniciante ao Avançado. Tire seu DRT. Prepare-se para os testes. Faça sua pré-matrícula agora.

2 Comments

  1. Ricky Torelly diz:

    Creio que faltou sobre o comportamento e respeito que devemos ter com os colegas de trabalho . Não querer se sobressair enquanto não é seu momento de fala e querer tirar o foco da cena ou até mesmo desconcentrar os demais atores .

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pré-Matrícula