7 DICAS DO REI DO SHOW – Escola de Teatro Juliana Leite

7 DICAS DO REI DO SHOW

O QUE É SHOWREEL E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA?
21/04/2021
COMO SE SAIR BEM QUANDO NÃO SE TEM EXPERIÊNCIA
05/05/2021

Você provavelmente já ouviu falar de algum desses nomes: Wolverine (X-Man), Happy Feet, Por Água Abaixo, A Origem dos Guardiões, Os miseráveis, Uma Noite no Museu, DeadPool, O Rei do Show… Sim, estamos falando de Hugh Jackman.
O ator já possui o Emmy, o Grammy e o Tony, faltando-lhe apenas o Oscar para se tornar um artista EGOT (que são os quatro prêmios mais importantes no mundo artístico).
Sem dúvidas, experiência no mundo da atuação não falta. Hoje você vai acompanhar algumas dicas dele.

1- “Você precisa ser capaz de confiar naquele diretor e saber que ele vai pressionar para tirar o melhor de você … Eles dão a você liberdade nesses limites, como se fosse pai, na verdade”
O seu personagem vive, respira e morre nas mãos do diretor. Você, como ator, deve ser capaz de confiar neles e em sua visão. É importante ressaltar que o diretor precisa saber o que quer de você e estar pronto para trabalhar nisso para alcançar o que busca. Pesquise o diretor antes de assumir um papel, veja alguns de seus trabalhos anteriores… Se você acha que é estranho ou não consegue se conectar, provavelmente não vai funcionar.

2- “A última coisa que você quer na frente da câmera é a dúvida”
A audiência do outro lado da câmera é como tubarões circulando, mas em vez de sentir o cheiro de sangue na água, eles sentem o cheiro de dúvida no artista. Jackman diz que a última coisa que você quer na frente das câmeras é a dúvida. Um artista que está inseguro de si mesmo, que não fez escolhas, que não pode seguir uma direção vai realmente precisar se esforçar. Isso significa: se preparar. É ótimo ser espontâneo, mas não tão bom não ter certeza de si mesmo.

3- “Seja amigável com todos”
Seja amigável com o elenco e a equipe ao seu redor. Ninguém gosta de estrelismo… Na indústria moderna, esse tipo de comportamento é completamente desnecessário. Ser um jogador de equipe é uma parte fundamental de ser um ator, então tente se encaixar na cultura do cenário de seu trabalho artístico o máximo possível. Todos estão trabalhando com o mesmo objetivo, criar uma boa apresentação, seja no teatro, T.V ou cinema. As brincadeiras são fundamentais para manter um clima agradável.

4- “Eu sempre costumava ir às audições como se fossem um primeiro ensaio”
“Foi a minha maneira de restabelecer o equilíbrio de poder como se estivesse tentando agradar você, mas é mais como se estivéssemos tentando trabalhar juntos”
Ele conta uma história nesta entrevista sobre entrar no elenco e ter uma interpretação pessoal muito firme de como queria interpretar o personagem, realmente se aproximando da audição como se estivesse no primeiro ensaio. Incentivar o pessoal do elenco a trabalhar com ele na criação desse momento particular. Jackman também diz que isso o ajudou a se sentir menos nervoso, ao se posicionar como se já tivesse o trabalho em mente, o que o ajudou a liberar-se na sala.

5- “Passei muito tempo trabalhando nos aspectos físicos de Wolverine”
“O movimento para mim sempre foi muito importante, vou passar horas andando por aí habitando um personagem”
Aqui temos uma pequena visão do processo de Jackman. Ele diz que trabalharia dos pés para cima ou às vezes da cabeça para baixo e passaria horas trabalhando na construção física do personagem. Quando você vê a poderosa construção que ele apresenta como Wolverine na série X-Men, seu trabalho realmente brilha por lá (assim como em todos os outros trabalhos dele). Nada de preguiça na hora de construir o seu personagem!!

6- “Só porque parece desconfortável, não significa que não seja bom”
“Muitas vezes queremos nos sentir confortáveis, mas isso nem sempre traz os melhores resultados”
Você ouvirá cada professor, treinador e diretor de atuação dizer alguma versão disso e é vital lembrar: Atuar não é sobre você se sentir bem. Não se trata de você. Trata-se de incorporar um personagem e contar uma história. Essa história pode exigir que você se sinta desconfortável, estranho ou chateado. É vital que você saia da sua zona de conforto. Se você se sente completamente confortável interpretando Hamlet por mais de três horas no palco, há algo de errado com você. Deve ser desafiador e desconfortável em alguns pontos, e está tudo bem.
Isso foi uma das coisas que Jackman escutou enquanto trabalhava no primeiro filme de X-Men. 

7- “Está tudo bem ficar nervoso”
“Diga, eu tentei esconder isso por 20 anos, diga – geralmente é um alívio para todos ao seu redor”
Vou contar um segredo… Todo mundo está nervoso. O diretor, os produtores, os outros atores, todos estão nervosos. Ficar claramente nervoso e dizer que você está bem também deixa todo mundo mais nervoso, não menos. Converse e se abra. Todos entenderão e provavelmente se sentirão aliviados por você estar se sentindo da mesma maneira.

As dicas do Hugh Jackman foram válidas para você? Conta pra gente!!


Você também pode encontrar em nosso canal do YouTube algumas dicas para encarar uma audição.
https://www.youtube.com/watch?v=1E1OoZbrltc

 

 

🎭 Escola de Teatro Juliana Leite 🎭
R: Tiradentes, 944 – Centro
Limeira-SP
(19) 99639-8545

Escola de Teatro Juliana Leite
Escola de Teatro Juliana Leite
Escola de Teatro em Limeira-SP (@teatrolimeira). Do Iniciante ao Avançado. Tire seu DRT. Prepare-se para os testes. Faça sua pré-matrícula agora.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pré-Matrícula